Psychopath Billy - Trio colombiano são uma das novidades do Psycho Carnival

Psychopath Billy - Foto: Divulgação
Por Marcos Anubis. CWB Live
A 19ª edição do Psycho Carnival vai manter a tradição de trazer a Curitiba nomes que estão se destacando no cenário psychobilly da América do Sul. Neste ano, o festival vai receber três grupos sul-americanos. Um deles é o trio Psychopath Billy, da Colômbia, que se apresenta no dia 11 de fevereiro, no Jokers.

O show da banda acontece na terceira noite do evento e essa será a estreia de Slap Cat “Mizinga” (baixo e backing vocal), Ruderocker (guitarra e vocal) e GG “El Gallo Gutierrez” (bateria) no festival. “O Psycho Carnival sempre foi um dos nossos objetivos, já que é o festival de Psychobilly mais importante deste lado do mundo. Ficamos muito agradecidos quando soubemos que dividiríamos o palco com bandas tão boas. É muito emocionante! Nós queremos fazer um bom show, apresentar um pouco da cena colombiana (que tem crescido) e conhecer mais da cena musical brasileira”, diz Ruderocker.

O Psychopath Billy nasceu em 2008 e apresenta influências de vários estilos, dentro de uma base psycho. “Nós somos amantes do Rock’n’roll. Gostamos de compor sobre a vida cotidiana, as coisas que gostamos e odiamos. Nossas influências vão desde o Motorhead até o Batmobile, sons crus que fazem as pessoas ficarem arrepiadas”, explica.


O trio da Colômbia tem dois trabalhos lançados: o EP “Sentimientos Exhumados” (2011) e o CD “Psychopath Billy” (2018). Além de construir a sua trajetória ao longo desses dez anos, o grupo também vem ajudando a forjar o cenário psychobilly em sua terra natal. “Na Colômbia, as pessoas estão apenas começando a conhecer tudo isso. Muitos grupos vêm surgindo com grandes propostas para mostrar nos shows e eles estão atraindo mais e mais público. É um movimento que está crescendo, tanto em relação às bandas quanto ao público”, analisa.


Share on Google Plus

Sobre Bone Shaker

Idealizador do site Psychobilly Brasil. Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de baterista e entusiasta na internet. Formado em História e amante da música. Descobriu o Psychobilly com o Sick Sick Sinners e desde então decidiu que queria aquilo para sua vida. É baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.
    COMENTAR COM GOOGLE
    COMENTAR COM FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

O Psychobilly Brasil agradece a sua participação. Volte mais vezes!
Stay Psycho!