Os Catalépticos - Voltam ao palco do Psycho Carnival após 12 anos

Os Catalépticos. Foto: Pri Oliveira / Cwb Live

Por Marcos Anubis. CWB Live
O trio curitibano Os Catalépticos está de volta aos palcos após mais de uma década. O show da banda no Psycho Carnival acontece no dia 11, no Jokers, e promete ser um dos mais concorridos. Em novembro do ano passado, Vlad Urban (guitarra e vocal), Gustavão (baixo) e Mutant Cox (bateria e backing vocal) fizeram a sua primeira apresentação após 11 anos, e a acolhida do público que lotou o Jokers foi impressionante. “Melhor seria impossível. Foi extremamente gratificante voltar dessa forma. A receptividade do público foi imensa e o clima estava perfeito. O que nós havíamos projetado de fato se revelou: tocamos para nossos velhos amigos que foram prestigiar o retorno e, também, para muita gente nova na cena, que nunca tinha visto um show nosso. Foi um momento especial”, diz Gustavão.

Na sequência, o grupo partiu para três shows em Los Angeles, na Califórnia, onde também são extremamente respeitados. “A mesma coisa aconteceu lá. Saímos daqui com algum otimismo, pois, do mesmo jeito que aconteceu aqui, os ingressos para os shows estavam sendo rapidamente vendidos. Mas ouvimos muito, principalmente do pessoal de lá, que a cena estava enfraquecida. O que encontramos lá não foi nada disso. Os três shows estavam lotados, uma cena amadurecida e todo mundo ainda com muito sangue nos olhos. A acolhida na Califórnia é algo especial. O povo e as bandas sempre foram muito amáveis e atenciosos com a gente. Foi muito bom voltar desse jeito”, conta.


O mais recente álbum lançado pelos Catalépticos é “Morto Ao Vivo – Ao Vivo Na Garagem Que Grava” (2005). Após a decisão de se reunir novamente, o grupo também está considerando a possibilidade de gravar um novo trabalho. “Estamos amadurecendo a ideia, mas ainda não nos reunimos para isso. Nos nossos ensaios, ainda estamos reforçando o repertório antigo e não tivemos tempo de trabalhar coisas novas. Eu tenho algumas coisas guardadas que poderão ser trabalhadas. Agora é só administrar o tempo. Sou otimista quando a isso”, diz. A discografia da banda ainda conta com os álbuns “Little Bits of Insanity” (1998), “From Beyond the Grave” (1999), “Zoombiefication” (2002), “Psycho Path Fever” (2003) e “One More Tattoo” (2005).

Share on Google Plus

Sobre Bone Shaker

Idealizador do site Psychobilly Brasil. Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de baterista e entusiasta na internet. Formado em História e amante da música. Descobriu o Psychobilly com o Sick Sick Sinners e desde então decidiu que queria aquilo para sua vida. É baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.
    COMENTAR COM GOOGLE
    COMENTAR COM FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

O Psychobilly Brasil agradece a sua participação. Volte mais vezes!
Stay Psycho!