Shock Rock - Programa #08 (30/05/2017)

"Ele cantava como um criminoso profissional ... A voz dele poderia puxar um cadáver." Foi assim que Bob Dylan descreveu a voz de Roy “Big O” Orbison, ao escutá-lo na rádio. Com vários altos e baixos na carreira, Orbison experimentou tanto o sucesso como o fracasso, mas nunca parou de tocar e cantar, alguns falam que foi o trabalho incessante que o levou a morte.

Billy Lee Riley já tinha dois singles de sucesso “Flying Saucers Rock n Roll” e “Red Hot”. Sam Phillips, dono da Sun Studio, se viu obrigado a escolher entre promover o disco dele ou de Jerry Lee Lewis. Você já deve ter ideia do que aconteceu, Riley se tornou músico de estúdio, mas seus clássicos e seu talento nunca foram esquecidos pelos seus fãs, Bob Dylan entre eles.

E não são só essas histórias que você vai ouvir no SHOCK ROCK de hoje! Creedence Clearwater Revival, Ray Smith, The Blue Cats, The Monsters, Old Crow Medicine Show, Bricats, Dead Billies, Phantom Powers e muito mais no oitavo programa que foi ao ar no dia 30 de maio de 2017!

Apresentação: Vlad Urban

Playlist
Bloco 1
Billy Lee Riley - Red Hot
Bricats - Last Caress (The Misfits)
Mutilators - Sweet Dreams (Eurythmics)
Dead Billies - Monster Potion N 9
Colbert Hamilton And the Nitros -- Dead Of Night

Bloco 2
Ray Smith - Right Behind You Baby
Blue Cats - Love Me (The Phantom)
Creedence Clearwater Revival - Ooby Dooby (Roy Orbison)
Rosie Flores - Wrong Side of His Heart
Astrolites - Keys of The Kingdom (Motorhead)
The Monsters - Creature From The Black Lagoon

Bloco 3
Roy Orbison - Cat Called Domino
The Jesters - Cadillac Man
Old Crow Medicine Show - Union Maid (Woody Guthrie)
The Sabres - Ride the Savage
Mad Marge and The Stonecutters - Fishnet Stockings (Stray Cats)
Phantom Powers - Guitar Gun
Share on Google Plus

About Bone Shaker

Idealizador do site Psychobilly Brasil. Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de baterista e entusiasta na internet. Formado em História e amante da música. Descobriu o Psychobilly com o Sick Sick Sinners e desde então decidiu que queria aquilo para sua vida. É baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.
    COMENTAR COM GOOGLE
    COMENTAR COM FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

O Psychobilly Brasil agradece a sua participação. Volte mais vezes!
Stay Psycho!