Frenetic Trio - De Londrina Para a Europa

Agora toda segunda é dia de baú. Dia de lembrar o que já aconteceu e ficou na memória do Psychobilly. Vasculhando sites, revistas e caixões, vamos mostrar toda semana um pouquinho da história do estilo na mídia. Entrevistas, matérias, vídeos, tudo o que não pode ser perdido, será eternizado aqui no Psychobilly Brasil.
Por Heryk CorreiA ao Dynamite Online em 2006!


O Psychobilly da banda Frenetic Trio de Londrina
O Frenetic Trio oriundo de Londrina, cidade localizada no norte do Paraná, faz um dos estilos mais obscuros dentro do underground do nosso planeta, o psychobilly. Mas o trio não faz tão somente o psychobilly tradicional cheio de referências ao rockabilly. Muito além disso, eles tiveram a manha de acelerar o som e introduzir estilos não menos undergrounds e "indigestos", como o hardcore, grindcore e metal extremo, como o death metal. Os vocais possuem uma distorção alucinante, do tipo gutural, típicas de bandas de grindcore, a batera é freneticamente acelerada, as guitarras afiadas como navalhas e com baixo elétrico e não acústico como é o habitual em bandas do estilo.

As influências além de bandas psychobilly vêm também do grande Slayer, adorada pelos integrantes Zóio (guitarra/vocal), Theo (baixo) e o recém ingresso Guilherme Snoopy (bateria). As letras inspiram-se em temas ligados ao psychobilly como filmes B, ficção científica, quadrinhos trash e na tríade cerveja-mulheres-diversão, sempre recheado com uma massa sonora que hipnotiza, surpreende e impressiona os que já estão preparados, agora imaginem o que causam aos desavisados...

POSIÇÃO DE BANDA VETERANA.


Apesar de o power trio ter cerca de quatro anos, o Frenetic Trio já ostenta posição de banda veterana, haja visto dela ter sido escalada para abrir todos os shows da tour dos pais do psychobilly o The Meteors. Junto a este importante marco para o currículo de qualquer banda, no ano passado (2005) detonaram a Europa numa tour, entre os dias 14 e 28 de outubro que incluiu as seguintes cidades: Besançon (França), La Ferrièrres (França), Lille (França), Gent (Bélgica), Schiedam (Holanda), Munster (Alemanha), Vienna (Áustria), Praga (República Tcheca), Hengelo (Holanda), Rotterdam (Holanda).

O Psychobilly da banda Frenetic Trio de Londrina

DO IT YOURSELF TAMBÉM NO PSYCHO


Anteriormente à tour, a banda teve seu CD de estréia lançado pelo conceituado selo billy alemão Crazy Love Records, porém o material foi gravado, mixado e masterizado em junho de 2004 no estúdio londrinense Áudio Sonora e mandado para o selo alemão que prensou antes do Brasil. Já por aqui a distribuição está por conta selo independente curitibano Funeral Music, especializado no estilo. As gravações contaram ainda com a presença do baterista Walt, que deixou a formação para se mudar para os Estados Unidos, em seu lugar entrou Guilherme Snoopy, que tocava em bandas de hardcore de Londrina. Graças a este primeiro CD que a banda teve condições de excursionar pela Europa, devido a um convite de uma produtora holandesa. Mas a estréia mesmo veio através do CD demo Bad Vibrations, lançado pelo selo curitibano Desgracera Records e que já mostrava a originalidade e energia desta excelente banda de power psychobilly.

EP "Bad Vibrations" da banda Frenetic Trio de LondrinaPrimeiro álbum da banda Frenetic Trio de Londrina

BOLA DA VEZ, PSYCHO CARNIVAL.


Agora a bola da vez para abrigar um dos shows mais insanos e bizarros já feitos no underground é o Psycho Carnival em sua edição de 2006. Aos desavisados muito cuidado e atenção, aos já vacinados bom divertimento para que possam mais uma vez sair extasiados pelas forças "malignas" emanadas pelo Frenetic Trio.

Stay Psycho!
Share on Google Plus

About Bone Shaker

Criador do Psychobilly Brasil. Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de baterista e entusiasta na internet. Formado em História e amante da música. Descobriu o Psychobilly com o Sick Sick Sinners e desde então decidiu que queria aquilo para sua vida. É baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.
    COMENTAR COM GOOGLE
    COMENTAR COM FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

O Psychobilly Brasil agradece a sua participação. Volte mais vezes!
Stay Psycho!