Reverendo Frankenstein - lançamento do primeiro disco em São Paulo


Foto: Paula Arjona

Por Alexandre Saldanha

No dia 29 de outubro, o Reverendo Frankenstein lança o CD Está Vivo... Está Vivo!, primeiro disco da carreira desta banda do ABC paulista. Como o monstro do livro de Mary Shelley, o álbum combina pedaços - punk rock, rockabilly, psychobilly e surf music - para criar uma nova vida, com personalidade própria. Varsóvia, banda clássica do pós-punk paulistano, e o rockabilly do Run Devil Run completam a noite. As duas bandas contam com integrantes do Reverendo Frankenstein, o que reforça a combinação de estilos do grupo. Os shows acontecem no Lado B, em São Caetano do Sul, com ingressos a R$ 20. O valor da entrada inclui uma cópia do CD Está Vivo… Está Vivo!

Gravado no estúdio Bocaina 72, em São Paulo, o disco é lançado em parceria com Orleone Records, Reverb-Brasil e Zombie Records, com apoio do Bunker Barbearia & Tatuagem e Skaters Zone, e traz também versões de “A Praieira” (Chico Science & Nação Zumbi) e “Tailspin”, que conta com participação do guitarrista Daddy-O Grande, da banda americana Los Straitjackets, além de músicas autorais.

O Varsóvia surgiu em 1985, no ABC Paulista, com sonoridade do grupo é marcada por melodias densas e singulares. Influenciados por bandas do pós-punk inglês como Joy Division, Echo and The Bunnymen e New Order, o Varsóvia lançou o LP autointitulado, no final de 1986, e lançou hits cult como “No Front” e “Noites”. Atualmente, a banda é formada por Fabio Gasparini (voz), David Fernandez (guitarra), Hamilton Doná (teclado) e Dario Brait (bateria), além de Alexandre Saldanha (guitarra) e Felipe Marquioro (baixo), que fazem parte do Reverendo Frankenstein.
O Run Devil Run surgiu pela vontade de Luiz Teddy - filho de Eddy Teddy, pioneiro do rockabilly no Brasil - em montar um projeto que fizesse uma releitura das raízes do rock & roll relembrando sempre grandes nomes. Além de remeter à cultura Kustom, o nome da banda é uma homenagem ao disco do beatle Paul McCartney, com regravações de vários artistas dos anos 1950. O Run Devil Run é formado por Luiz Teddy (voz), Rafael Gios (guitarra) e Marcial Balbás (baixo acústico), além do baterista Fábio Pegoraro, um dos fundadores do Reverendo Frankenstein.
Serviço:
Lançamento do CD Está Vivo… Está Vivo do Reverendo Frankenstein
Shows com Reverendo Frankenstein, Varsóvia e Run Devil Run
Local: Lado B (Rua Rio Grande do Sul, 73, São Caetano - próximo à estação São Caetano da CPTM)
Horário: A partir das 22h
Ingressos: R$ 20 (inclui CD Está Vivo… Está Vivo!)
Informações: (11) 982 165 461 

Stay Psycho!
Share on Google Plus

About Bone Shaker

Idealizador do site Psychobilly Brasil. Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de baterista e entusiasta na internet. Formado em História e amante da música. Descobriu o Psychobilly com o Sick Sick Sinners e desde então decidiu que queria aquilo para sua vida. É baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.
    COMENTAR COM GOOGLE
    COMENTAR COM FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

O Psychobilly Brasil agradece a sua participação. Volte mais vezes!
Stay Psycho!